É impossível haver crase (os sete pecados da crase):

1º) antes de palavra masculina: “Ele está no Rio a serviço”;
2º) antes de artigo indefinido: “Chegamos a uma boa conclusão”;
3º) antes de verbo: “Fomos obrigados a trabalhar”;
4º) antes de expressão de tratamento: “Trouxe uma mensagem a Vossa Majestade”;
5º) antes de pronomes pessoais, indefinidos e demonstrativos: “Nada revelarei a ela, a qualquer pessoa ou a esta pessoa”;
6º) quando o “a” está no singular, e a palavra seguinte está no plural: “Referimo-nos a moças bonitas”;
7º) quando, antes do “a”, existir preposição: “Compareceram perante a Justiça”.

Casos Facultativos:  

  • Estamos “a sua disposição”  ou  “à sua disposição”?  
  • Antes dos pronomes possessivos (minha, tua, sua nossa…): Primeiro perceba as frases abaixo:

Este é o meu carro”  ou “Este é meu carro” ?

Aquela é a minha sala” ou “Aquela é minha sala” ?

  • Assim sendo, quando houver a preposição “a” antes de um pronome possessivo feminino singular, fica a dúvida:

Existe ou não o artigo feminino singular “a” e,

consequentemente, a crase?

  • Como o uso do artigo antes do pronome possessivo é facultativo, o uso do acento da crase também o será:

Estamos à sua disposição” ou “Estamos a sua disposição”.

  • Para se certificar, veja as formas masculinas abaixo (onde como já dissemos – nunca existirá crase, mas preposição e artigo pode; então:

Estamos ao (= preposição “a” + artigo masculino “o”) seu dispor

ou

Estamos a (= só preposição) seu dispor.

Fonte: Conheça os sete pecados da crase | Sérgio Nogueira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s