Vi uma entrevista da TV Cultura – programa Roda Viva, de jul/2012, com sociólogo Chico de Oliveira, ex-petista e fundador do PT,onde ele discorre sobre a figura do Lulalá. Dentre outros adjetivos, ele usa as expressões:
 
“Lula é a “antessala do ditador”
“Lula é muito mais esperto do que vocês pensam.”
“O Lula não tem caráter, ele é um oportunista”
  
Bem, confesso não saber de detalhes do namoro e término dos dois. No entanto, não pude deixar de expressar minha indignação e ironia.  
 
Corroboro e assino embaixo à opinião de Chico de Oliveira. A imagem do Lulalá nunca me enganou, pelo contrário! Estas evidências sempre estiveram presentes em sua face, antes grotesca e suada, depois mal banhada, para finalmente, aparecer barbeada, modelada, desbastada e usando colônia cara. Que teatro! E mais, todos que participaram de seu insurgimento e transformação são oportunistas, também!
 
À época, num Brasil já insatisfeito por longo período de ditadura militar seguido por manobras da elite política, mortes, coronelismo, desaparecimentos súbitos, greves e collorismo; operários se organizam e se penhoram na figura de um “pobre coitado”, esculachado, vítima de um acidente de trabalho, sem modos, de gestos largos, audaciosos e intimidadores.
 
Em sua figura vivem uma pandemia alucinatória de que “aculturados” podem ser líderes. Transformam-no em mártir e o resto da sociedade compra essa epopeia de que “pobre é bonzinho… ah, coitadinho!”
 
Tentam por três vezes ir ao poder sem esconder os vestígios da classe operária…  Em vão! Num quarto momento, mediante desgastes político-sociais, os próprios líderes da direita tradicional, falidos e fracos perante o povo, articulam-se, ajudam e corroboram com a farsa da esquerda vermelha. Juntos, preparam-se para um grande banquete. Dão um banho de loja e etiqueta no sujeito e, pronto:
 
Este foi o maior golpe que os brasileiros sofreram: O “gato do borralho metalúrgico” transformado em “cinderelo” para assumir o Palácio do Planalto.
 
O operário pobre e sem estudos sobe ao poder orquestrado por um de conto-de-fadas à brasileira, a massa manipulada dá urros de vitória! O cinderelo, já barbeado e com faixa verde e amarela no peito, galga os degraus do palco e da fama. Corrigindo: do Planalto, da política e do poder.
 
Passa a representar a grande fatia pobre da população. Pobres de divisas, moedas e de neurônios. Circo montado!
 
Foi fácil… Um oportunista só precisa de mais oportunistas para armar sua estratégia. Iniciou-se os mesmos conchavos que vemos hoje.
 
Agora necessitamos, urgente, de um líder de verdade. Mas onde as cabeças pensantes depois de onze anos submersos em uma  lenda infantil, à moda antiga: onde pobres, desvalidos e “sem estudos” assumem lideranças?
 
Investidos de poder, cumprem suas promessas de distribuir o pão de cada dia à massa da população. Tão antiga como o conto de fadas, aplicam a “política do pão e do circo “. Promovem festas, culturas de massa, dão vazão à imoralidades e, como trunfo para reeleição, trazem a Copa para o brasileiro que é bom do pé e doente da cabeça.
 
O povo brasileiro morreu pela boca e pelo pé! Tal qual peixinhos que se iludem com o anzol que lhes traz a minhoca fácil, em forma de isca. Tal qual camundongos que se aproveitam das migalhas do banquete para enfim serem esmagados por armadilhas. O pior? Isto é real, o banquete existe!
 
Como será o fim dessa estória?
 
Assinatura Zaida Machado
 
 Fonte de Leitura: Entrevista com Chico de Oliveira – Roda Viva – TVCultura.
 
Adendo:
  • Lulalá: uso a expressão Lulalá em detrimento ao nome Lula, porque para mim foi sempre isso que ele representou: um coro de torcida organizada.
  • Collorismo: em menção à política que levou Fernando Collor ao poder. Outro grande desvario do povo brasileiro.
  • Gato do borralho metalúrgico: em alusão à figura lendária da Gata Borralheira que se transforma em Cinderela, casando-se com o príncipe e indo morar num castelo. (Qualquer semelhança é pura coincidência!)
  • Cinderelo: também em referência à figura, já transformada, da Gata Borralheira em Cinderela.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s